Últimas Notícias
{"effect":"fade","fontstyle":"normal","autoplay":"true","timer":"4000"}

IMPRENSA

< Voltar

Em Salvador, ministro acompanha operação integrada de segurança para o carnaval

Chegou a vez da capital baiana receber visita técnica de monitoramento das medidas de proteção de foliões nos principais destinos carnavalescos

Por Vanessa Sampaio

Ministro Marcelo Álvaro Antônio, secretário de Integração Interinstitucional, Bob Santos, e secretário de Segurança Pública da Bahia, Mauricio Barbosa, durante visita técnica ao Centro de Operações e Inteligência da Bahia. Crédito: Roberto Castro/MTur 

Os 3,4 milhões de visitantes que devem aproveitar Salvador neste carnaval estarão protegidos por um esquema especial de inteligência policial. A iniciativa é pioneira no país em recursos de segurança pública para grandes eventos de rua. Durante visita técnica oficial ao Centro de Operações e Inteligência da Bahia nesta quinta-feira (28), o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, conheceu a operação montada pela Polícia Militar para a época de maior fluxo turístico do estado. A corporação disponibilizou um efetivo de 26 mil homens para reforçar a segurança dos foliões no período e contará, pela primeira vez, com uma estação móvel de reconhecimento facial para monitorar a circulação de pessoas. O titular da Pasta foi recebido pelo secretário de Segurança Pública da Bahia, Mauricio Barbosa, e pelo secretário de Turismo e Cultura de Salvador, Claudio Tinoco, missão em que esteve acompanhado pelos secretários nacionais de Integração Interinstitucional, Bob Santos, e de Desenvolvimento e Competitividade, Aluizer Malab.

Após passar por São Paulo e Rio de Janeiro, esta é a terceira agenda do ministério, com o intuito de monitorar medidas relacionadas à segurança do turista nos principais destinos de Carnaval do Brasil. Juntos, os estados de SP, RJ, BA, MG e PE devem ser responsáveis por 80% do impacto econômico gerado pela maior festa popular brasileira, estimado em R$ 6,7 bilhões segundo cálculo da Confederação Nacional do Comércio (CNC). Somente na Bahia, cerca de R$ 562 milhões devem ser movimentados no período.

Para Marcelo Álvaro Antônio, o emprego de recursos humanos, tecnológicos e operacionais de excelência mostra o empenho de Salvador, que figura entre as grandes cidades carnavalescas do Brasil, na manutenção da paz e da ordem durante as festas, medida que contribui para a positiva percepção do viajante sobre a segurança no país. “É uma preocupação do governo federal oferecer destinos preparados para acolher o visitante. E a segurança é uma das nossas entregas prioritárias, não apenas para que o folião curta o carnaval com tranquilidade, mas que possa ir embora fazendo planos de voltar. O turista satisfeito é o melhor garoto propaganda do Brasil”, comentou. Um estudo do Ministério do Turismo com turistas estrangeiros mostrou que 8 em cada 10 visitantes internacionais que estiveram no Brasil em 2017 aprovaram as condições de segurança ao fazer turismo no país.

O secretário de Segurança Pública do Estado, Mauricio Barbosa, apresentou ao ministro toda a preparação dos agentes de segurança e alguns dos recursos operacionais de alto padrão empregados na operação de carnaval: 430 câmeras, incluindo as de lentes 360 graus e de zoom óptico 45x, além de 14 drones para monitorar os circuitos de carnaval e apoiar a atividade policial na região. Ele destacou que a polícia baiana se especializou em grandes eventos e, neste ano, está sendo pioneira em novas ferramentas que tornam o trabalho da segurança pública mais rápido e eficiente. “Além das portas de abordagem para revista, teremos o reconhecimento facial em via pública, o que é um grande desafio”, definiu.

Já o secretário municipal de Turismo e Cultura, Claudio Tinoco, destacou que as ações têm contribuído para que a Bahia “dê uma resposta muito rápida aos visitantes, além de medidas de prevenção muito eficazes. Precisamos vender esse atributo de Salvador, mostrando para o mundo que estamos preparados para oferecer segurança em turismo”, destacou.

ECONOMIA DO CARNAVAL BAIANO – Segundo a Associação Brasileira de Industria Hoteleira da Bahia (ABIA-BA), o setor hoteleiro espera contratar de 15% a 20% a mais de mão de obra extra em relação a 2018. A entidade projeta uma ocupação de 98%, podendo chegar a 100% nos empreendimentos mais próximos aos circuitos tradicionais de Carnaval, como Barra, Ondina e Campo Grande (em 2018, a taxa atingiu 97%).

O setor de alimentação fora do lar também prevê um aumento de 8% a 10% em relação às vendas do ano passado, segundo a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes na Bahia (Abrasel).

De acordo com expectativas da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Salvador, o fluxo de estrangeiros no primeiro trimestre do ano é outro resultado que deve crescer: serão cerca de 610 mil turistas internacionais na cidade, um aumento de 16,7% em relação ao ano passado (523 mil).

A Secretaria estima, ainda, que o trabalho envolvendo a montagem e desmontagem de estruturas e ações durante a festa seja responsável pela geração de 250 mil empregos, mantendo a performance do ano passado.

Além da pauta de segurança, o ministro se reuniu com representantes do trade turístico local e também visitou o Museu Casa do Carnaval da Bahia, no Pelourinho. O espaço cultural foi uma das iniciativas do mercado de Viagens reconhecidas pelo 1º Prêmio Nacional do Turismo, promovido pelo MTur em dezembro. A Casa do Carnaval concorreu com 47 projetos inscritos na categoria Valorização do Patrimônio pelo Turismo e conquistou a segunda colocação. O museu retrata a evolução da festa baiana, desde os primórdios do Brasil até os dias de hoje, em sua diversidade de ritmos e de manifestações populares, apresentadas por meio de acervo digital audiovisual interativo. A história da festa que se tornou o símbolo da criatividade e o espetáculo mais democrático do povo baiano está exposta em um casarão secular de quatro pavimentos no Pelourinho, com bela vista da Baía de Todos os Santos

Edição: Lívia Nascimento

Fonte: http://www.turismo.gov.br/%C3%BAltimas-not%C3%ADcias/12452-em-salvador,-ministro-do-turismo-acompanha-opera%C3%A7%C3%A3o-integrada-de-seguran%C3%A7a-para-o-carnaval.html

© 2022 Todos os direitos reservados